Teve lugar no passado dia 11 de Maio de 2013, no Hotel Tivoli Oriente Lisboa – Parque das Nações, a Assembleia Geral Ordinária, bem como o Almoço Anual da CNPR, o qual contou com a participação de filiados e entidades convidadas com quem a Câmara Nacional de Peritos Reguladores detêm relações institucionais.

Mercê da ordem de trabalhos constante da convocatória, foi efectuada nesta Assembleia entre outros pontos, a apreciação e votação do Relatório de Atividades e Contas de 2012, à qual se seguiu a discussão e votação do Orçamento e Plano de Actividades para o próximo ano financeiro, os quais foram aprovados em conformidade.

De salientar o facto de que não obstante as dificuldades sentidas pelo país (e por extensão, pelo setor da peritagem profissional em Portugal), foi possível à CNPR com o apoio dos seus filiados, prosseguir a sua politica de intensa atividade que a tem caraterizado ao longo dos últimos anos, constatando-se uma vez mais no exercício em análise, a inexistência prática de débitos a fornecedores e a terceiros, a 31/12/2012.

Fruto da excelente integração a nível internacional da CNPR, a qual representa Portugal nas Federações Internacionais do setor, concretamente na FUEDÍ – European Federation of Loss Adjusting Experts e na FIEA – International Federation of Automobile Experts, foi possível contar nesta Assembleia com a presença do atual Presidente da FUEDÍ, Mr. Mark Vos bem como do Diretor da FIEA, Mr. Cédric Azokry os quais abordaram durante as suas intervenções o atual ponto de situação a nível europeu da problemática do Registo, Reconhecimento e Regulação de peritos.

De referir que a Comissão Europeia pretende reformular a atual Diretiva que regula o setor segurador a nível europeu, concretamente a “IMD/Intermediary Mediation Directive” , a qual irá ser sujeita em breve à aprovação por parte do Parlamento Europeu.

Tal como oportunamente transmitido, a FUEDÍ durante a presidência portuguesa, elaborou um dossiê dirigido à Comissão Europeia, propondo alterações a esta legislação de modo a que os profissionais qualificados que intervêm na avaliação e regulação de danos possam futuramente estar incorporados, o que passa pelo reconhecimento e integração dos peritos a nível Europeu no conteúdo desta Diretiva/IMD2.

Também na sequência de contatos estabelecidos há algum tempo a esta parte, com o Instituto Politécnico de Leiria/IPL, entidade do ensino superior detentora a nível nacional da única licenciatura em Engenharia Automóvel, foi assinado no final desta Assembleia um protocolo de cooperação. Para os devidos efeitos o Instituto Politécnico de Leiria fez-se representar pelos docentes, Prof. Dr. Nuno Gonçalves Martinho (Responsável pelo Curso de Licenciatura em Engª Automóvel) e pelo Engº Sérgio Santos, tendo o primeiro procedido à assinatura do documento de protocolo com os responsáveis da Câmara Nacional de Peritos Reguladores.

A cooperação institucional agora iniciada trará benefícios inequívocos à CNPR a vários níveis, sobretudo em áreas relacionadas com a formação e acompanhamento cientifico, bem como na cedência de espaços para efeitos de realização de Seminários , Conferências e Ações de Formação entre outros.

Nota: Foi entregue individualmente a todos os participantes na Assembleia Geral um dossiê com a seguinte documentação de suporte:
– Relatório de Atividades e Contas/2012
– Balanço Patrimonial/2012
– Demonstração dos Resultados/2012
– Demonstração dos Resultados por Naturezas/2012
– Orçamento para o Ano Financeiro – 01/07/2013 a 30/06/2014
– Plano de Atividades para o próximo Ano Financeiro – 1/07/13 a 30/06/14
– Parecer do Conselho Fiscal

Esta documentação está disponível em formato digital podendo ser solicitada ao Secretariado da CNPR através do e-mail cnpr@cnpr.pt.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.